Mossoró 16 de Outubro de 2018 12:21h
Política

Bunker de Geddel se relaciona com corrupção do PMDB da Câmara, diz PF

Na última terça-feira (5), agentes contabilizaram o total de R$ 51 milhões no local

12 de Setembro de 2017 - 07:17hs

Bunker de Geddel se relaciona com corrupção do PMDB da Câmara, diz PF

Um relatório concluído pela Polícia Federal nesta segunda-feira (11) relaciona o "bunker" do ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) com a atuação do PMDB da Câmara.

Em depoimento em junho, o operador Lucio Funaro havia afirmado que fez um repasse de R$ 20 milhões de propina a Geddel em troca de aprovação de empréstimos na Caixa Econômica Federal.

Na última terça-feira (5), a Polícia Federal contabilizou o total de R$ 51 milhões no 'bunker'. Como esse montante supera a cifra citada por Funaro, isso "faz inferir que o saldo remanescente pode ter se originado de outros esquemas ilícitos destacados ao longo do relatório, relacionados com a atuação do grupo do PMDB na Câmara", diz trecho do documento.

"Inclusive envolvendo a ciência e participação do irmão de Geddel, o deputado Lucio Vieira Lima [PMDB-BA]", completa o texto.

De acordo com a 'Folha de S. Paulo', Geddel foi preso na última sexta-feira (8), por decisão da Justiça Federal de Brasília.

 

NOTÍCIAS AO MINUTO

Faça seu comentário

Canal Acontece RN

VT institucional - Portal Acontece