Mossoró 31 de Março de 2020 04:10h
Política

Doleiro aliado à Cunha promete ‘acabar’ com Michel Temer em delação

Lúcio Bolonha Funaro teria discutido com advogado do presidente antes de ser preso, diz coluna; Quem mais incentiva Funaro a delatar é o ex-senador Luiz Estevão

24 de Junho de 2017 - 20:44hs

O doleiro Lúcio Bolonha Funaro, apontado como operador de propinas do ex-deputado Eduardo Cunha, teria prometido “acabar” com o presidente Michel Temer em discussão com o advogado do peemedebista, Antonio Mariz.

Se eu delatar, vou acabar com o seu chefe”, teria dito Funaro, em conversa que ocorreu antes de ele ser preso no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília.

As informações são da coluna Radar On-Line, do site da revista Veja, deste sábado (24).

Apesar da ameaça de fazer delação premiada, Funaro ainda não fechou acordo de colaboração com o Ministério Público. No entanto, de acordo com a coluna, ele vem sendo incentivado pelo ex-senador Luiz Estevão, colega de cela do doleiro.

 

 

Fonte: Veja

Faça seu comentário

Canal Acontece RN

VT institucional - Portal Acontece