Mossoró 19 de Setembro de 2019 03:32h
Cotidiano

Estudantes da Uern vencem Prêmio BNB de Jornalismo pelo quarto ano consecutivo

O resultado do prêmio foi anunciado na semana passada e a entrega da premiação acontecerá até o final deste ano, em Fortaleza/CE. Com o resultado, este é o quarto ano consecutivo em que o troféu vem para estudantes do Departamento de Comunicação Social (DECOM/UERN). Bênia Medeiros é estudante do 6º período do curso de Comunicação Social e é estagiária da UernTV.

17 de Outubro de 2016 - 17:23hs

A estudante Bênia Medeiros e a recém-graduada Wigna Ribeiro foram as grandes vencedoras do Prêmio Banco do Nordeste de Jornalismo, na categoria universitária. A reportagem “Serra do Mel: prosperidade em meio à seca”, veiculada na UernTV, foi considerada a melhor entre todos os trabalhos inscritos por estudantes de universidades de 11 estados brasileiros.


O resultado do prêmio foi anunciado na semana passada e a entrega da premiação acontecerá até o final deste ano, em Fortaleza/CE. Com o resultado, este é o quarto ano consecutivo em que o troféu vem para estudantes do Departamento de Comunicação Social (DECOM/UERN). Bênia Medeiros é estudante do 6º período do curso de Comunicação Social e é estagiária da UernTV.


A ideia da reportagem nasceu de uma conversa com a colega Wigna Ribeiro (graduada em Comunicação Social/UERN). Juntas, as duas foram até o município de Serra do Mel, conversaram com agricultores e contaram um pouco como eles conseguiram desenvolver projetos de sucesso mesmo em meio às dificuldades da seca. Finalizada a reportagem, ela foi exibida pela UernTV, projeto laboratorial de telejornalismo, coordenado pelo professor Ms. Fabiano Morais, que tem dado muitos resultados positivos à equipe. A reportagem de Bênia e Wigna concorreu com trabalhos de universitários de 11 estados brasileiros. 

Tradição - Desde 2013, a UERN tem sido a vencedora do Prêmio Banco do Nordeste de Jornalismo, na categoria universitária. Em 2013, o estudante do curso de Comunicação Social, habilitação em Radialismo, Tárcio Araújo, foi o vencedor com uma reportagem radiofônica sobre a feira agroecológica que acontece nas proximidades do Museu Lauro da Escóssia, em Mossoró. O trabalho contou com orientação do professor Ms. Esdras Marchezan.


No ano seguinte, os estudantes Vanessa D'Oliviêr, Jéssica Mafra, Jhonatan Cruz, Edja Lemos, Maria do Socorro, Jeane Meire e Marcielly Sonaly conquistaram o troféu com a série de reportagens radiofônicas “Caminhos do Seridó”, sobre a produção têxtil da região. A orientação foi do professor Ms. Esdras Marchezan. No ano passado, o prêmio ficou com os estudantes Saulo Vale, João Magagnin e Keydson Renato, com uma reportagem de rádio sobre a indústria petrolífera em solo potiguar. O trabalho foi orientado pelo professor Ms. Giovanni Rodrigues.


Nas edições anteriores, o Banco do Nordeste concedia prêmios universitários por regiões. Os trabalhos inscritos por estudantes do Rio Grande do Norte concorriam com universidades da Paraíba, Maranhão e Minas Gerais. Neste ano, o banco escolheu apenas um trabalho vencedor entre todos os inscritos por universidades de 11 estados.


Para o chefe do Departamento de Comunicação Social, professor Esdras Marchezan, os alunos continuam mostrando a qualidade do trabalho que estão produzindo, em diversos projetos, revelando o potencial das ações que são desenvolvidas durante o curso. “Cada prêmio é importante em vários fatores. Tanto para o aluno, que vê seu trabalho no meio de outros de grandíssima qualidade, assim como também por estarem colocando seus nomes em evidência. Isso é importante para o futuro profissional destes alunos”, comenta.

Faça seu comentário

Canal Acontece RN

VT institucional - Portal Acontece