Mossoró 16 de Setembro de 2019 21:40h
Política

Garibaldi declara que bancada federal encara obra da barragem de Oiticica como prioridade

“A bancada sabe das restrições orçamentárias, por isso precisamos nos unir. Uma medida seria a junção de emendas da bancada e outra seria a busca conjunta do Governo Federal. A receptividade que tivemos aqui da população foi muito bom, até mesmo mais do que as vezes encontramos em Brasília. Contudo, nos dar motivação para nos unir e não dispersar, tendo em mente que a barragem de Oiticica é nossa prioridade”, disse o senador.

02 de Setembro de 2017 - 08:40hs

O senador Garibaldi Alves Filho declarou que a barragem de Oiticica é prioridade nos esforços da bancada federal, durante reunião que discutiu os rumos das obras, no distrito Barra de Santana, em Jucurutu, região Seridó do Rio Grande do Norte. O encontro aconteceu a convite de representantes da Igreja Católica e sindicatos rurais, com objetivo de cobrar ações de celeridade à obra da barragem.

Para Garibaldi, seria necessário um aporte três vezes maior para se cumprir os prazos, e para isso se tornar uma realidade será preciso uma união da bancada federal e empenho do Governo do Estado junto aos ministérios da Integração Nacional e Planejamento. O senador ressaltou a importância da reunião, em especial pela presença da população que ouviu e falou sobre as expectativas.

“A bancada sabe das restrições orçamentárias, por isso precisamos nos unir. Uma medida seria a junção de emendas da bancada e outra seria a busca conjunta do Governo Federal. A receptividade que tivemos aqui da população foi muito bom, até mesmo mais do que as vezes encontramos em Brasília. Contudo, nos dar motivação para nos unir e não dispersar, tendo em mente que a barragem de Oiticica é nossa prioridade”, disse o senador.

Segundo o Governo do Estado, os repasses da União da ordem de R$ 4 milhões mensais não estão sendo suficientes para cumprir o cronograma físico da obra, com previsão de ser entregue em 2018. O custo total da barragem será de quase R$ 400 milhões, restando ainda R$ 234 milhões.

Participaram do encontro, os bispos de Caicó e Mossoró, Dom Antônio Carlos Cruz e Dom Mariano Manzana; o governador Robinson Faria; a senadora Fátima Bezerra; os deputados federais Zenaide Maia e Antônio Jacome; os deputados estaduais Nelter Queiroz e Fernando Mineiro; o vice-prefeito de Natal, Álvaro Dias; prefeitos de cidades vizinhas, entidades rurais e população local.

Faça seu comentário

Canal Acontece RN

VT institucional - Portal Acontece