Mossoró 19 de Outubro de 2019 01:35h
Estado

Governo entrega equipamentos para comercialização da Agricultura Familiar

Foram beneficiados nesta segunda-feira (05), produtores dos municípios de Baía Formosa, Canguaretama, Lagoa Salgada, Montanhas, Nísia Floresta, Tibau do Sul, Passagem, Lagoa de Pedras, Jundiá e Várzea.

05 de Setembro de 2016 - 15:17hs

Mais 10 municípios das regiões Agreste e Litoral Sul receberam do Governo do Estado nesta segunda-feira (05) equipamentos para as Feiras da Agricultura Familiar. São barracas padronizadas, balanças, caixas para transporte de mercadorias e bombonas plásticas. No ato de entrega, no município de Canguaretama, o governador Robinson Faria disse que “as feiras permitem que o produtor rural comercialize sua produção diretamente, evitando o atravessador, o que aumenta a sua renda e estimula a produção, gerando trabalho e renda e, ainda, movimentando a economia dos municípios e do Estado”. 

Nesta ação, o Governo do Estado atua em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), prefeituras municipais, sindicatos rurais, Banco do Nordeste, Território Rural Agreste e Litoral Sul (Terrasul) e UFRN. 

Foram beneficiados nesta segunda-feira (05), produtores dos municípios de Baía Formosa, Canguaretama, Lagoa Salgada, Montanhas, Nísia Floresta, Tibau do Sul, Passagem, Lagoa de Pedras, Jundiá e Várzea. 

Outros dez municípios já haviam recebido os equipamentos e realizam as feiras pelo menos uma vez na semana. São eles: Nova Cruz, Santo Antônio, Serrinha, Pedro Velho, Senador Georgino Avelino, Vera Cruz, São José de Mipibu, Brejinho, Goianinha e Espírito Santo. 

O Governo está investindo neste projeto R$ 305 mil (recursos do Programa de Apoio à Infraestrutura nos Territórios Rurais - Proinf), do MDA, e adquiriu para este projeto um total de 300 barracas padronizadas, 100 balanças, 600 caixas para transporte de mercadorias e 100 bombonas plásticas. 

Robinson Faria enfatizou que “os equipamentos entregues permitem aos agricultores familiares a comercialização de produtos de forma padronizada. As Feiras agregam valor aos produtos da Agricultura Familiar, facilitam a comercialização e incentivam a prática do associativismo”. 

As feiras comercializam produtos de origem vegetal como hortaliças (coentro, cebolinha, alface, couve, rúcula), raízes (batata, inhame, cebola branca, macaxeira), frutas frescas (coco, caju, manga, acerola, cajá, umbu, banana). E gêneros alimentícios derivados do leite (queijo, manteiga)  doces, derivados da batata e da macaxeira (bolos, biscoitos, beijus) e ovos caipira.

 COMPRA DIRETA 

Além dos equipamentos para as feiras livres, o Governo do Estado, através da Emater também fez a entrega de mais 8 kits do Projeto de Apoio e Modernização das Centrais de Comercialização, do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA-Compra Direta) aos municípios de Canguaretama, Jundiá, Lagoa de Pedras, Lagoa Salgada, Nísia Floresta, Passagem, Tibau do Sul e Várzea. 

Foram entregues 9 balanças pequenas, 3 balanças grandes, 8 computadores e 2 veículos. 

“O PAA–Compra Direta tem forte impacto social e econômico. Este programa garante a compra dos produtos da Agricultura Familiar, que é resultado do trabalho dos pequenos agricultores e agricultoras, e suas famílias, pagando preço justo, sem atravessadores, e doando a entidades de rede de ensino e socioassistencial”, ressaltou o governador Robinson Faria. 

O Governo investiu R$ 9 milhões em parceria com o Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). Sessenta municípios já foram beneficiados, cada um, com um kit. Em todo o Rio Grande do Norte, o PAA-COMPRA DIRETA vai beneficiar 161 municípios. 

         Ediane Laureano e Regina Laureano são agricultoras familiares em Canguaretama e produzem verduras, mel de abelha e criam galinhas caipira. Para elas o apoio do Governo do Estado à agricultura familiar “é muito importante por que, tanto ajuda a gente a produzir mais e melhor, através da orientação da Emater, como ajuda na venda dos nossos produtos agora com a Feira”, afirmou Regina.        

“Essa feira é o que a gente queria. Agora podemos vender direto para o consumidor, o que vai melhorar a nossa renda”, afirmou Jaciony França que produz junto com o marido, José Mário, verduras, mandioca e macaxeira, no bairro Jiqui, em Canguaretama. 

O ato solene em Canguaretama contou com a participação dos secretários de Estado da Agricultura, Pesca e Pecuária, Guilherme Saldanha, das Relações Institucionais, Getúlio Ribeiro e da diretora geral da Emater, Cátia Lopes.

Faça seu comentário

Canal Acontece RN

VT institucional - Portal Acontece