Mossoró 16 de Setembro de 2019 21:37h
Política

Henrique Alves e demais presos passam por audiência de custódia

Todos os presos pela Polícia Federal na operação desta terça-feira (6) estão prestando depoimento para o juiz; futuro dos presos é incerto

06 de Junho de 2017 - 19:52hs

Imagem relacionada

O ex-ministro Henrique Eduardo Alves, preso na manhã desta terça-feira (6), durante a Operação Manus da Polícia Federal, está passando por uma audiência de custódia na sede da Justiça Federal do Rio Grande do Norte (JFRN) sem prazo para terminar.

A audiência está sendo conduzida pelo juiz federal Francisco Eduardo Guimarães Farias, titular da 14ª Vara no Rio Grande do Norte, o mesmo que determinou a prisão de Henrique e dos demais envolvidos. Além de Henrique ainda irão passar pela audiência os demais presos: o empresário e ex-secretário de Obras (Semopi) Fred Queiroz; a mulher de Fred e blogueira Érika Nesi; e o filho do casal Matheus Nesi. Todos os familiares eram sócios na empresa Prátika, que teria sido usada no esquema de corrupção.

Ainda não se sabe o futuro de todos após a audiência. Em tese, todos seriam recolhidos ao sistema prisional atendendo ao pedido de prisão temporária, mas como todos irão passar por uma audiência de custódia, também existe a possibilidade deles serem soltos. Audiências como essas são realizadas para se confirmar a legalidade das prisões nos cumprimentos dos mandados.

A defesa de Henrique Eduardo Alves já está preparando um pedido de soltura para ser protocolado no Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5) ainda nesta terça-feira (6).

Batizada de Manus, a operação investiga corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro na construção da Arena das Dunas, em Natal. Segundo a PF, o sobrepreço chega a R$ 77 milhões.

 

*agorarn

Faça seu comentário

Canal Acontece RN

VT institucional - Portal Acontece