Mossoró 19 de Maio de 2019 23:41h
Geral

Jornalista Leda Nagle exibe entrevista com Carlos Bolsonaro, e destaca que o “pitbull não morde”; filho do presidente chora, fala de todas as polêmicas e quase morte do pai

Carlos também falou sobre como foi o momento exato da facada e como ele encontrou Jair, caído no chão.

14 de Março de 2019 - 10:41hs

Carlos: pela quantidade de “pancadas” que ele leva, poderia ser considerado um “anjo” Foto: Reprodução/Canal Leda Nagle

Esqueça o rapaz brigão, que fala coisas truncadas e de difícil compreensão nas redes sociais. A jornalista Leda Nagle acaba de publicar em seu canal de YouTube uma entrevista de uma hora que fez ontem, no Rio de Janeiro, com o vereador Carlos Bolsonaro, o zero dois, em que Carlos se emociona ao falar da tentativa de homicídio contra seu pai.

“Eu vi meu pai indo embora duas vezes. Vi tirarem dois litros de sangue de dentro do velho. Vi tirarem os órgãos dele para fora. Tem canalha que olha para a gente e fala que a facada foi fake”, contou, com a voz embargada e emocionado.

Carlos também falou sobre como foi o momento exato da facada e como ele encontrou Jair, caído no chão.

“As pessoas foram abrindo caminho e encontrei meu pai caído no chão do bar. A gente vinha conversando com ele dentro do carro: ‘Zero a dez, capitão, como é que você está?’. E ele conversava com a gente: ‘Cinco, mas está doendo”.

Perguntado por Leda por que briga tanto na internet, Carlos disse que, pela quantidade de “pancadas” que ele leva, poderia ser considerado um “anjo”, e que é encarado de um jeito “totalmente diferente” quando conversa com qualquer pessoa.

“Toda vez que eu converso com uma pessoa, toda vez que eu converso com algum grupo as pessoas olham pra mim de um jeito totalmente diferente”, disse.

Guilherme Amado – Época

Faça seu comentário

Canal Acontece RN

VT institucional - Portal Acontece