Mossoró 20 de Outubro de 2018 12:44h
Educação

Mais de 20 mil alunos voltam às aulas na Rede Municipal

Estamos planejando um ano de muitas ações para fazer a Educação Municipal avançar em qualidade”, destacou Magali Delfino.

19 de Fevereiro de 2018 - 18:21hs

Esta segunda-feira, 19, foi marcada pelo retorno das atividades das unidades educacionais da Rede Municipal de Ensino. Mais de 20 mil alunos retornaram às salas de aula nas Escolas de Ensino Fundamental, Unidades de Educação Infantil (UEI) e Educação de Jovens e Adultos (EJA). A secretária Municipal de Educação, Esporte e Lazer, Magali Delfino, e a prefeita em exercício, Nayara Gadelha, visitaram escolas para recepcionar os alunos e alunas. Uma das unidades visitadas foi a Escola Municipal Profa. Niná Ribeiro de Macêdo Rebouças, no bairro Abolição IV.

“Nossas atividades na Secretaria de Educação não pararam nas férias, mas a gente só sente que as coisas acontecem de verdade quando os professores retornam as atividades e gente ver as crianças e adolescentes trazendo vida para as escolas. Estamos planejando um ano de muitas ações para fazer a Educação Municipal avançar em qualidade”, destacou Magali Delfino.

“É muito gratificante ver professores e funcionários em geral empenhados no início do Ano Letivo 2018. A Escola Niná Rebouças, que é a primeira que estamos visitando, está preparada e com a equipe docente dedicada, e isso refletiu no resultado do Prêmio Gestão de Qualidade, em que ela conseguiu o 1° lugar e seus funcionários receberão o 14° salário”, apontou Nayara Gadelha.

Nicácia Martins é professora há mais de 30 anos e de acordo com ela, por mais experiência que o professor tenha, o início do ano sempre é muito empolgante. “Podem até pensar que para o professor, ao longo dos anos, nada muda. Mas todo início de Ano Letivo é emocionante. Conhecer novos alunos, saber o nome de cada e ai começar um novo desafio”, afirmou a professora.

Já para a estudante do 5° Ano do Ensino Fundamental, Maria Clara, o momento é de colocar os assuntos em dia e matar as saudades das amigas. “No começo é só fofoca e abraçar as amigas que ficaram longe nas férias, mas aí a professora já começa a cobrar e em casa os pais também querem a nossa dedicação, e se Deus quiser vou passar por média de novo”, disse Maria Clara.

Faça seu comentário

Canal Acontece RN

VT institucional - Portal Acontece