Mossoró 22 de Outubro de 2019 06:32h
Política

Ministro da Justiça Sérgio Moro pede afastamento do cargo para tratar de "assuntos particulares"

A informação foi publicada no "Diário Oficial da União", nesta segunda-feira.

08 de Julho de 2019 - 12:17hs

Crédito da foto: Agência Brasil

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, entrou com um pedido de afastamento do cargo para tratar de "assuntos particulares".

Ele vai ficar ausente do cargo entre 15 e 19 de julho.

A informação foi publicada no "Diário Oficial da União", nesta segunda-feira.

Moro, como se sabe, está no “olho do furacão”, desde que o site Intercept iniciou uma série de publicações de diálogos vazados entre ele, quando era juiz federal, e procuradores da Lava Jato.

Os diálogos, segundo o Intercept, sugerem parcialidade na atuação da Lava Jato. Já Moro diz que não reconhecer a autencidade das mensagens, que foram conseguidas pela ação de hackers.

Os procuradores da Lava Jato afirmam que o Intercept faz parte de um esquema montado para tentar livrar o ex-presidente Lula da cadeia. O petista cumpre pena pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Faça seu comentário

Canal Acontece RN

VT institucional - Portal Acontece