Mossoró 21 de Julho de 2019 10:01h
Cotidiano

Prefeita de Mossoró sanciona reajuste de 3,75% para os servidores; sindicato se opõe ao percentual e fala em desrespeito

Sanção foi publicada no Jornal Oficial de Mossoró desta segunda-feira (18)

19 de Março de 2019 - 13:31hs

Prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini, sancionou reajuste para os servidores municipais 

 

A prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini, sancionou a Lei Complementar nº 152/2019, que reajusta em 3,75% o vencimento básico dos servidores públicos municipais. A sanção foi publicada no Jornal Oficial de Mossoró (JOM) desta segunda-feira (18).

A presidente do SindiSerpum (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró), Marleide Cunha, se opõe ao percentual concedido pela Prefeitura, argumentando que a administração não está respeitando os direitos do funcionalismo.

“Com concessão do reajuste de 3,75%, a Prefeitura de Mossoró não estará adequando o salário dos professores do nível médio em conformidade com o valor do Piso Nacional do Magistério, o que também resulta em menores vencimentos para os demais níveis do Plano de Carreira da categoria. A Prefeitura também não está atendendo ao percentual de reajuste pleiteado pelos agentes de combate às endemias e pelos agentes comunitários de saúde”, afirma.

No tocante às demais categorias do funcionalismo, a presidente do SindiSerpum acrescenta que o reajuste sancionado pela prefeita é insuficiente para reposição da inflação, visto que os servidores estavam há dois anos sem acréscimos salariais. “Os servidores ficaram dois anos sem reajuste e, para que houvesse reposição da inflação, o acréscimo deveria ser de 10,30% e, para que houvesse ganho real nos salários, 13%”, frisa.

GREVE DOS PROFESSORES

Desde o último dia 8 de março, parte dos professores da Rede Municipal de Ensino está em greve. Entre outras reivindicações, a categoria cobra adequação dos salários ao Piso Nacional do Magistério.

Marleide Cunha estima que 7 mil alunos devam estar sendo afetados pela paralisação. Pontua, no entanto, que esse número não está atualizado, visto que as atividades da greve não permitiram novas contabilizações.

Nesta terça-feira (19), a categoria se reunirá às 15h, no auditório da Estação das Artes Elizeu Ventania, no centro de Mossoró, para deliberar sobre a manutenção da greve. “Se a paralisação for mantida, vamos definir novas atividades para o movimento”, declara.

 

 

Faça seu comentário

Canal Acontece RN

VT institucional - Portal Acontece