Mossoró 15 de Novembro de 2019 07:57h
Brasil

Prisão ‘especial’ de Lula já custou R$4,7 milhões ao contribuinte

Sala na sede da Polícia Federal em Curitiba custa R$ 10 mil por dia

23 de Julho de 2019 - 08:12hs

Ex-presidente Lula chega à sede da Superintendência da Polícia Federal onde vai cumprir pena. Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Foto:Marcello Casal Jr/ Agência Brasil 

Petista condenado por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex, Lula está preso desde 7 de abril de 2018, sob condições especiais, numa sala que era o alojamento de policiais na sede da Polícia Federal, em Curitiba (PR). São 472 dias. A PF estima que o custo para manter o petista preso é de R$10 mil por dia, ou seja, já foram R$ 4,7 milhões até o momento. Até o fim do próximo mês o total gasto no petista condenado atinge a marca de R$5 milhões. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

O petista tem direito a banheiro com água quente e televisão numa sala de 15 m2. E ainda pode conceder “entrevistas” a veículos e jornalistas.

Em ofício ainda em abril de 2018 à Justiça Federal, a PF pediu a transferência de Lula a outro presídio em razão dos custos elevados.

Para o Ministério Público Lula não pode ser enviado a outra prisão pois não há como garantir a “segurança física ou moral” do petista.

O custo médio de um preso aos cofres públicos no Brasil é de R$ 2,5 mil por mês. Lula custa ao contribuinte cerca de R$ 300 mil por mês.

Diário do Poder

Faça seu comentário

Canal Acontece RN

VT institucional - Portal Acontece