Mossoró 19 de Setembro de 2019 09:46h
Cotidiano

Voos liberados

Liberação do aeroporto Dix-sept Rosado para voos comerciais abre caminho para aporte de investimentos e movimenta o setor de turismo

09 de Maio de 2018 - 12:13hs

Foto: Assecom-RN

Liberado pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) para voltar a receber voos comerciais, o aeroporto Dix-sept Rosado representa possibilidade de crescimento para Mossoró, segundo perspectiva de entidades e de setores vinculados ao turismo. A companhia Azul iniciará suas operações no dia 13 de junho deste ano, com voos três vezes por semana, passando a seis frequências semanais até novembro, conforme informações da própria empresa. Os turboélices ATR 72-600, com capacidade para até 70 assentos, serão destinados à função.

No último dia 20 de abril, nossa reportagem apurou a possibilidade de realização de voo inaugural, no dia 30 de maio, destinado a uma comitiva, com eventual presença do governador e outros convidados. Esse voo partiria de Recife e pousaria em Mossoró.  Procurada, a assessoria de comunicação da Azul não confirmou a informação. “O que temos de oficial é o voo inaugural (com o transporte de clientes) no dia 13 de junho”, declarou.

Foram quase dois anos de trabalho para que o aeroporto obtivesse liberação para voos comerciais. As etapas consistiram na implantação de alambrado no entorno de toda a área operacional, restauração do terminal, aquisição de equipamentos (som, câmeras e raios-X), além da contratação emergencial da empresa Consult Air, que atuou para o atendimento das exigências da Anac. A equipe técnica da Azul esteve em Mossoró nos dias 4 e 5 de abril, ocasiões em que vistoriou os resultados das correções no aeroporto.

Em entrevista à Revista Acontece, antes de deixar a titularidade da Secretaria de Estado do Turismo do RN, Ruy Gaspar falou sobre o trabalho empreendido pela pasta para a liberação dos voos. “A Secretaria de Turismo também envidou esforços para que a liberação do terminal se concretizasse, viabilizando, por exemplo, por meio do projeto Governo Cidadão, recursos que foram aplicados na aquisição de equipamentos”, disse.

O então secretário pontou que a persistência do Governo do Estado foi fundamental para o êxito do projeto e enalteceu a atuação da Consult Air. “A certificação do aeroporto ganhou celeridade em decorrência do trabalho realizado pela empresa”, salientou.

José Carlos Lins, presidente da Associação Comercial e Industrial de Mossoró (ACIM), diz que a liberação do aeroporto foi recebida com otimismo pela entidade. “A liberação do aeroporto vai gerar turismo. Pessoas não vinham a Mossoró, em virtude da distância dos terminais aéreos. Agora, elas têm a possibilidade de desembarcar na nossa cidade”, declara. José Carlos ressalta que a operação do aeroporto também vai facilitar a vinda de empresários a Mossoró, para conhecerem o potencial da região e o cotidiano da população.

Confira a íntegra dessa matéria da Revista Acontece na plataforma on-line (http://www.portalacontecern.com.br/site/revistas) e clique na edição de abril de 2018.

Faça seu comentário

Canal Acontece RN

VT institucional - Portal Acontece